Resenha: Destinado – Carina Rissi

Quando viajei no carnaval, vi várias pessoas que fizeram maratonas e leram vários livros nesses dias de folia. Como estava viajando e tinha assuntos a resolver, não participei de nenhuma maratona, todavia para escolher um livro para ler durante o carnaval, segui um dos temas sugeridos: Leia Mulheres. E dentre várias autoras escolhi a fofa da Carina Rissi, e a companhia dos queridos Ian e Sofia.

Destinado é o terceiro volume da série Perdida, portanto é provável que tenha spoilers dos anteriores nessa resenha. E caso não tenha lido, pare tudo e leia essa série encantadora.

“Sofia tinha deixado muito para trás. E tentava bravamente de adaptar ao meu mundo, enquanto a mim coube apenas a fácil tarefa de amá-la. Não me parecia justo”

Definindo em uma palavra: Apaixonate

Contado na perspectiva do Sr. Clarke, onde um de seus piores pesadelos torna-se real: Elisa, a meiga irmã de Ian, está envolvida em um escândalo. Para salvar a reputação de Elisa e traze-la em segurança, Ian e Sofia partem a sua procura no século XXI.

img_20170227_140141.jpg

462 páginas

Quando eu li Perdida, em que Sofia encontra se no século XIX, eu fiquei imaginando se fosse o oposto, e Ian fosse para o século XXI. Como seria? Nesse livro, encontrei minhas respostas. E me apaixonei ainda mais por este casal que se mete em tanta confusão.

A narrativa é gostosa de ler, divertida e apaixonante. Conhecer mais sobre os segredos do Ian, seus medos e dúvidas, e ter os momentos recordados em sua visão é especial. Embora, me cortava o coração ele estar perdendo a memória.

“- Sofia, você é inigualável, eu já lhe disse isso um milhão de vezes! Como eu poderia não ter prestado atenção em você, se o meu coração começou a danças quando eu a vi? Se ele dança a cada vez que eu a vejo sorrir? Como eu poderia não ter notado você? Coloque uma coisa nesta sua linda cabecinha: eu nasci para amar você, e apenas você. Seja neste mundo ou em qualquer outro.”

Adorei conhecer um pouco mais da Nina e do Rafael, os melhores amigos de Sofia, e que se tornaram amigos do Ian. E embora me cortava o coração ver Ian perdendo a memória, e vendo o quanto isso magoava Sofia e ver a dor de ambos nessa situação, é maravilhoso ver ele se apaixonando novamente por ela, em cada sorriso, e por esta razão escolhi a palavra Apaixonate para definir o livro.

“Não acredito que feliz expresse como eu me sinto em relação a nós, Ian. Eu teria que inventar um palavra nova para isso. O mais perto que consigo chegar é dizer que nunca me senti tão completa como me sinto desde que te conheci”

Não preciso dizer que eu amei o livro e me apaixonei ainda mais pelo Ian Clarke, que é apaixonante como companheiro, maravilhoso como irmão e encantador como pai.

Um terceiro volume da série que nos deixa curiosa pelo quarto volume, Prometida, com uma deliciosa história. Todavia confesso que ao ler o primeiro, não vi motivos para continuações, mas acrescento que elas são encantadoras.

Boa Leitura!

Taís Caires


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s