Resenha: Jantar Secreto – Raphael Montes

Por indicação do clube que participo com amigos, em minha cidade que assim como no clube do blog, cada mês um membro escolhe o livro a ser lido, este mês era a vez da #JS e este foi o seu eleito.

Definindo em uma palavra: Chocante

Jantar Secreto traz a história de quatro amigos graduados, morando na cidade maravilhosa, com problemas para pagar o aluguel do apartamento onde moram. E assim surge a ideia de promover jantares para saldarem a dívida, e no cardápio: carne humana.

“Por trás de cada prato existe a morte. As pessoas preferem fechar os olhos pra isso, mas ela está lá. A morte”

img_20170131_124023.jpg

360 páginas

A narrativa é fluída, com cenas chocantes e capazes de embrulhar o estômago. Em diversos momentos eu fechei o ebook, dei uma volta e apenas depois retornava a leitura.

“Como diz o ditado: a melhor maneira de esconder uma árvore é colocá-la em uma floresta”

Os personagens não me cativaram, são arrogantes e toda a situação os leva aos limites de sua índole. O único ponto que observo, é que assim como eu e a maioria dos jovens, é que somos a geração que foi educada para estudar e assim teríamos sucesso profissional, porém quando saímos da universidade, damos de cara com uma crise econômica em nossos país.

“Não precisa se condenar, garoto. Essa é a mesma ignorância que faz com que você não mate um bicho, mas como a carne dele disponível no mercado. A gente vive com uma dieta inconsciente, suavizada pelo sabor. Temos pena do porquinho e da vaquinha, mas adoramos um bom bife ancho. Meu pai já dizia que a beleza ocorre no particular, enquanto a crueldade prefere a abstração. Ele estava certo”

O assunto principal do livro é o canibalismo, temos conhecimento de tribos que praticam o canibalismo em seus rituais. E para eles é totalmente natural, faz parte de suas crenças e cultura. Nós torcemos o nariz para os chineses que comem carne de cachorro, enquanto os indianos nos vêem da mesma forma por consumirmos carne de vaca, que lá é sagrada. De certa maneira, é tudo uma questão cultural, é apenas uma observação, não pretendo me tornar adepta ao canibalismo. Uma pequena observação para refletir antes de julgar.

Escolhi a palavra Chocante para definir o livro, pois penso que está foi a intenção do autor. Chocar os leitores e refletir sobre a crueldade com os animais, desde a galinha, o boi, o porco, o ganso, etc, e tudo para o nosso paladar.

“Em nome do paladar, tudo é possível, meu amigo. É esta a supremacia que você verá hoje”

É claro que nós sabemos da crueldade nos matadouros, mas nunca pensamos nisso, simplesmente deixamos de lado e fazemos um churrasco. Confesso que durante a leitura cheguei a ter o desejo de tornar me vegetariana.

Pesquisei um pouco sobre o autor, que é da nossa terra, e soube que o mesmo é vegetariano há dois anos e quis trazer em seu livro uma crítica a violência que mata os mais pobres, enquanto os mais ricos se deliciam, usando o canibalismo como uma grande metáfora hiperbólica.

Boa Leitura!

Taís Caires

Anúncios

5 comentários sobre “Resenha: Jantar Secreto – Raphael Montes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s