Resenha: Encontrada – Carina Rissi

Eu simplesmente devorei este livro que é tão divertido quanto o primeiro volume da série, e emocionante.

Encontrada é a sequência do livro Perdida e você pode conferir a resenha do primeiro volume da série aqui. Se você ainda não leu Perdida, pare imediatamente o que está fazendo e comece a leitura.

Uma palavra para definir este livro: Adaptação

Sofia escolheu o século XIX, escolheu Ian Clarke (teria feito o mesmo em seu lugar). E enquanto tenta de todas as maneiras se adaptar aos costumes antiquados e ultrapassados do século XIX, há um casamento a organizar e muitas confusões em que esta se coloca, além de lidar com tia Cassandra, que se mostrou totalmente contra seu casamento com seu sobrinho.

Escolher Ian foi simples, natural como respirar. Não dava para viver com o coração batendo fora do peito e morando em outro século.

encontrada.jpg

Verus – 476 páginas

Tenho que confessar a vocês, eu tentei entender Cassandra e os demais personagens que se mostravam relutantes quanto a Sofia e seus costumes, considerando que estas pessoas vivem no século XIX e tem costumes completamente diferentes, e não é que elas sejam “vilões” da história, eles apenas viviam as coisas da forma com que foram criados e educados para ver. Consegui entender alguns, mas Cassandra foi difícil de engolir.

— Meu amor, não existe certo ou errado aqui. — Ele tomou meu rosto entre as mãos e me beijou de leve. — Somos apenas nós dois, você e eu, começando uma vida juntos. Vamos errar algumas vezes, acertar outras, mas, se estivermos juntos, tudo acabará bem. É assim que tem que ser. É assim que será. Confie em mim.

Escolhi a palavra Adaptação para definir o livro, pois durante todo o livro Sofia tenta se adaptar aos costumes da época, com as roupas, as danças, os gestos e todos os detalhes daquele tempo, e não foi fácil. Refletindo sobre isso, a situação contrária seria muito mais complicada, afinal até hoje encontramos pessoas que pensam como se vivessem no século XIX.

Eu só tinha que fazer o mesmo por ele, me empenhar mais e enfiar na cabeça de uma vez por todas que aquele agora era o meu tempo, e que mulheres não usavam calças nem trabalhavam. Ian não criara as regras, apenas as seguia, e, vez ou outra, as quebrava somente para me agradar, como naquele instante.

De maneira divertida e apaixonante, dados históricos são apresentados. A escrita de Carina é leve, é divertida, rápida e gostosa, um livro delicioso de ler. O final foi surpreendente e explica toda a confusão com Sofia. Adorei a continuação, mais encantada e apaixonada por Sofia e Ian, ansiosa por ler Destinado.

Enfim, esse foi só o começo da minha história, só um capítulo. Ainda tem um livro todo me esperando para ser escrito, e a parte que mais gosto é saber que terei Ian ao meu lado para me ajudar a escrevê-lo.

Boa Leitura!

Taís Caires

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s