Resenha: Lola e o Garoto da Casa ao Lado – Stephanie Perkins

Lola e o Garoto da Casa ao Lado é um livro gostoso de ler, super divertido. Eu li com uma amiga D.S e estamos apaixonadas por Cricket Bell.

Uma palavra para definir este livro: Delicioso!

Você só tem uma chance de causar uma boa impressão.

Lola (Dolores) Nolan é uma garota extremamente divertida e deliciosamente maluca, suas roupas são sempre cheias de brilho e exageradas, são verdadeiras fantasias. Ela trabalha em um cinema, tem um namorado descolado (Max) e dois pais. Tudo muda quando Cricket Bell, seu antigo vizinho retorna após dois anos, ele é o garoto da casa ao lado, a paixão de infância de Lola.

Lola e Cricket – um habilidoso inventor – cresceram juntos na vizinhaça, mas Cricket estava sempre mudando porque sua irmã gemêa é Calliope Bell uma talentosa patinadora artística que precisa sempre viajar e se mudar. Lola não deseja o retorno dessa família a vizinhança visto que Cricket partiu o seu coração antes de ir embora.

“— Então você acredita em segunda chance? Eu mordo meu lábio.
— Segunda, terceira, quarta. O que for preciso. Não importa o tempo que for preciso. Se a pessoa for a certa, acrescenta.
— E se a pessoa for… Lola? Desta vez, ele segura meu olhar.
— Só se a outra pessoa for Cricket.”

Max, o namorado de Lola é vocalista de uma banda de rock, e é mais velho. Nathan e Andy são os pais super protetores de Lola. Ela trabalha no cinema com Anna e Étienne St. Clair (os personagens já conhecidos de Anna e o Beijo Francês, confira a resenha aqui).

Lola.jpg

Lola e o Garoto da Casa ao Lado – 288 páginas

Eu amei o fato de Lola ter dois pais e ser uma garota incrível, isso é realmente especial de se encontrar em um livro já que muitas pessoas não respeitam a preferência sexual do outro. Adorei Anna e Étienne neste livro, estava com saudades, e recordei me do quanto eles são fofos juntos e como Étienne é lindo.

Gostei também de como a mãe de Lola se torna um pouco mais presente em sua vida e Lola amadurece com esta relação e gostei da amiga misteriosa Lindsey. E a relação de Lola com seus pais também é maravilhoso, apesar de ela se mostrar um pouco rebelde as vezes, adolescentes, seus pais Andy e Nathan estão sempre ali cheios de amor e sermões para dar.

“Sou uma pessoa má.
Não, Max é uma pessoa má. Ele é difícil, arrogante e ciumento.
No entanto eu sou pior. Sou uma criança que brinca de se emperiquitar e nem mesmo consegue se reconhecer sob o próprio disfarce.”

Preciso dizer que Max é um babaca e a cada página mais babaca ele ficava, ele apenas foi se mostrando como era e Lola demora a perceber porque está encantada e sentindo se poderosa por estar namorando um cara mais velho, e eu a entendo somos todas tontas algumas vezes, mas confesso que quis entrar no livro e mandar ela dar o fora no Max.  Enquanto Max fica cada vez mais babaca, Cricket fica cada vez mais e mais lindo e fofo e maravilhoso. Quero um Cricket para mim.

A parte mais fofa do livro é o final, quando Cricket conta uma história sobre estrelas para Lola, muito amor por esta cena. Eu mandei um aúdio para o P. lendo esta cena fofa demais! Quase escolhi “Estrelas” para definir o livro.

“Lola, você se lembra quando me disse que eu tinha um dom? Engulo em seco. — Sim. Seus olhos abertos presos nos meus. — Você tem um também. E talvez algumas pessoas pensem que vestir uma fantasia significa que você está tentando esconder sua verdadeira identidade, mas acho que uma fantasia é mais verdadeira do que qualquer roupa normal poderia ser. Ela realmente diz algo sobre a pessoa que o usa. Eu conhecia aquela Lola, porque ela expressa seus desejos e vontades e sonhos para que a cidade inteira veja. Para eu ver.”

A escrita de Perkins é leve, tranquila e deliciosamente fofa. Seus personagens são muito fofos e criativos. Adoro os nomes que ela dá a eles, são divertidos: Lola Nolan é delicioso de falar, e Cricket Beel – Grilo e Sino!! E claro não posso esquecer de Anna Oliphant – Banana Elefante!!

Lola é um livro fofo e divertido para ler, leitura super leve e tranquila!

“Eu sei que você não é perfeita. Mas são as imperfeições de uma pessoa que as tornam perfeitas para alguém.”

Boa Leitura!

Taís Caires

Anúncios

6 comentários sobre “Resenha: Lola e o Garoto da Casa ao Lado – Stephanie Perkins

  1. Dani disse:

    Suas resenhas sempre ótimas.
    Senão fosse pelo Max eu teria curtido mais a leitura, que cara tosco! E Cricket por outro lado um amor! ❤
    Obs: Estou catando todos os trechos que você coloca aqui dos livros, para o meu bloquinho de frases.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s