Discussão: A Lista de Brett -Lori Nelson Spielman

Mais um livro do nosso clube, este foi o sorteado para o mês de Agosto. E o ultimo a ser sorteado, a partir de setembro , vocês irão escolher o livro do mês por meio de votação nos comentários.

A Lista de Brett traz a história de Brett Bohlinger, 34 anos, um namorado lindo, um bom emprego, um loft moderno, tudo parece perfeito até que sua mãe morre e deixa para ela uma lista de metas para serem completadas em um ano, e esta lista é condição para receber sua herança.

Uma palavra para definir este livro: Michelangelo! (Irei explicar)

A lista de sonhos deixadas para serem cumpridas, é a lista de sonhos que Brett escreveu aos 14 anos. Algumas metas parecem mais simples e fáceis de realizar, outras obrigam Brett a reinventar toda a sua vida.

“Quando estiver com medo, agarre-se a essa coragem e relaxe, porque agora você sabe que a tem, como eu já sabia o tempo todo”.

lista de brett

Verus – 364 páginas

Este livro é uma redescoberta em si mesmo.

Não compreendendo os desejos de Elizabeth, com medo e relutante Brett embarca na realização de suas metas, e a cada meta realizada recebe uma carta da mãe, lida por Brad o advogado. E cada meta traz a Brett mais confiança em si mesma, mais coragem, mais força, na verdade, desperta nela todas essas qualidades e outras que estavam adormecidas por estar presa um mundo e de repente ser tirada de sua zona de conforto.

“Fico olhando para a última linha com os olhos cheios de lágrimas. Sim, ela fez isso. Minha mãe fez uma imensa aposta tentando consertar uma vida que achou que estava arruinada. Ela desejava me garantir a felicidade, pura e simplesmente. Eu só espero que ela não perca a aposta.”

E as cartas de Elizabeth são extremamente divertidas e mostram o quanto ela conhecia a filha, mesmo que esta se negasse a reconhecer a pessoa maravilhosa que é. Brett transforma toda a sua vida e percebe que estava vivendo uma vida ‘errada’. Recordei me neste instante da frase: “E de repente a vida te vira do avesso, e você descobre que o avesso, é o seu lado certo.”   E é exatamente isso que acontece com Brett.

Este livro está na minha lista de leitura desde que li a sinopse, e adorei. Me identifiquei muito com B.B. com seus medos e suas inseguranças e sua vontade de seguir seus sonhos e assim como ela, eu vou riscar cada uma das minhas metas.

Andrew é um personagem desprezível, os irmãos de Brett, Jay e Joad são exatamente como o pai deles e não consigo gostar muito deles. Carrie é adoravél, assim como John e Zoe. Brad também foi especial na jornada. Herbert é maravilhoso mas confesso que eu torcia mesmo era para o cara do casaco de Burberry.

“O amor é a única coisa sobre a qual você nunca deve chegar a um meio-termo”.

Aos poucos a herança passa a ser a coisa menos importante em toda a história, porque a verdadeira herança que foi deixada é a jornada, é como muitas vezes escuto, a jornada é mais importante que o destino.

Eu disse que explicaria a escolha da palavra que usei para definir o livro e então eu vos digo: Porque assim como Michelangelo usou um cinzel para revelar Davi, Elizabeth usou as cartas para revelar Brett para si mesma.

“Querida Brett, Certa vez perguntaram para Michelangelo como ele foi capaz de criar a impressionante estátua de Davi. Ele respondeu: “Eu não criei Davi. Ele estava lá o tempo todo, naquele imenso bloco de mármore. Eu apenas usei o cinzel para encontrá-lo”. Como Michelangelo, espero que eu a tenha ajudado a se encontrar nesses últimos meses, que eu tenha esculpido aquele exterior duro até que a verdadeira Brett viesse à tona.”

Eu adorei este livro, e acho que todos deveriam ler, para que pudessem perceber que muitas vezes nos distanciamos de nós mesmos, de nossos sonhos, e que isso é um grande erro, devemos estar sempre em busca de alcançar nossos sonhos, e riscar as metas da lista, não importa quando esta foi escrita.

Quero saber a opinião de vocês!

Boa Leitura!

Taís Caires

 

 

 

 

 

Anúncios

4 comentários sobre “Discussão: A Lista de Brett -Lori Nelson Spielman

  1. Dani disse:

    Eu deveria ter conseguido ir até o fim do livro, mas não sei o que deu, eu comecei a me irritar, e querendo que ela agisse logo. E nem é pelo tema, porque tem isso no livro Procura-se um Marido (obter a herança até cumprir tal coisa) e no filme O presente, e amo ambos. Mas esse alguma coisa empacou, fora que torci pro advogado e ela, seria um clichê tão fofo! Aliás, Andrew é realmente desprezível, como ela aguentou tanto? Não sabemos. O livro me parece bom, mas acho que também vai do humor do leitor no momento, o meu humor era de socar o Andrew e gritar para a Brett chuta-lo. kkkkk
    Ps: Suas resenhas como sempre incríveis!

    Curtir

    • Taís Caires disse:

      Dani você sempre uma fofa!! Obrigada 🙂 Eu queria matar o Andrew, a Brett resistente em não por um fim a relação eu entendia, ela perdeu a mãe, estava de luto e passando por uma grande transformação. Mas ele era babaca demais, ainda bem que ela se livrou dele! E sobre o advogado seria fofo, mas o cara do casaco de Burberry me conquistou!

      Curtir

      • Dani disse:

        Eu não li essa parte que o cara do casaco aparece, acho que pode ser por isso que me apeguei ao outro. Ela permanecer (mais tempo que o necessário) com ele é até compreensível, mas olha que cara babaca!!
        Mas pelo bem dos finais bonitos, ele é chutado para longe.

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s