Resenha: O Melhor de Mim – Nicholas Sparks

Eu amo este livro. Sou suspeita para falar sobre Nicholas Sparks pois ele é um dos meus autores preferidos, e este livro um dos meus favoritos dele!

E como livro do Sparks, eu terminei de ler desidratada de tanto chorar!

Uma palavra para definir: Coração.

“Afinal de contas, o amor sempre diz mais sobre quem o sente do que sobre a pessoa amada.”

O Melhor de Mim é um livro maravilhoso. Dawson e Amanda se apaixonam perdidamente na primavera, um amor capaz de superar as convenções da  pequena cidade de Oriental, apesar de viverem em mundos opostos. Dawson é a ovelha negra da sua família de criminosos, ou seja é contra a tradição da família, e ao sair de casa vai morar com Tuck Hostetler que o abriga e acoberta o namoro do casal, visto que Amanda é de uma família rica e tradicional da cidade, que sonha em estudar em uma universidade renomada.

IMG-20160712-WA0012.jpg

O Melhor de Mim – Nicholas Sparks – 272 páginas

Ao fim do ultimo verão da escola, o destino os separa de maneira cruel. Vinte e cinco anos depois, seguindo as instruções deixadas por Tuck Hostetler, Amanda e Dawson se encontram em um único final de semana para o velório de Tuck. E este final de semana pode mudar para sempre o destino de suas vidas.

“Sabia que o amor era difícil, assim como a vida. Sofria reviravoltas impossíveis de ser previstas ou mesmo entendidas, e deixava um longo rastro de arrependimento pelo caminho. E, quase sempre, esse arrependimento leva a perguntas do tipo “E se…” que nunca poderiam ser respondidas.”

Amanda está casada e tem três filhos, Dawson é um homem solitário. Neste final de semana que se encontram, sentem que as marcas do primeiro amor são para sempre. Com toda a sua arte de contar histórias Nicholas nos envolve e nos apaixonados por estes dois, revisitando suas lembranças e sentidos suas dores e amores.

Sentimos a segurança que Dawson transmite a Amanda, sabemos que ele é seu porto seguro, sabemos que Amanda é única na vida dele, que ela representa a melhor parte dele. Grandes emoções nos traz este livro.

“- Era por isso que eu adorava ficar com você. Nós podíamos fazer coisas simples, como jogar estrelas-do-mar de volta na água, comer um hambúrguer e conversar, mas, mesmo naquela época, eu tinha noção da minha sorte. Porque você era o primeiro cara que não tentava me impressionar o tempo todo. Você se aceitava, mas, além disso, me aceitava do jeito que eu era. Então nada mais importava, nem a minha família nem a sua, nem qualquer outra pessoa no mundo. Bastávamos nós dois. (…) Não sei se cheguei a me sentir tão feliz quanto naquele dia, mas, pensando bem, era sempre assim quando estávamos juntos. Eu não queria que acabasse nunca.

Ele fitou os olhos de Amanda.

– Talvez não tenha acabado.”

Tuck parecia saber o quão forte era o amor entre eles, pois suas instruções trouxeram a eles as boas lembranças do tempo que passaram juntos, e os reaproximou, um amor mais forte que o tempo.

o melhor de mim filme.jpg

Cena do Filme – O Melhor de Mim

Este reencontro muda o rumo de suas vidas para sempre.

Gosto muito dos personagens do Nicholas, é muito fácil se identificar com eles, são como pessoas comuns que você adoraria conhecer. Personagens com uma bela história para contar! Costumo me identificar com suas personagens em algum momento, e consigo entender as suas razões, sentido suas alegrias e dores. Consigo imaginar-me no lugar do personagem, calçando suas sandálias e pensar em como eu agiria naquela situação, se faria o mesmo ou não. Como sentir todas as emoções dos personagens, são muito reais e próximos, você consegue se conectar com elas com facilidade, não são inalcançáveis. Afinal quem nunca se sentiu preso pelas tradições da família? Ou sentiu se diferente de todos os membros da família?

“Quero acordar de manhã com você ao meu lado, quero chegar à noite e jantar com você. Quero compartilhar com você cada detalhe bobo do meu dia e ouvir cada detalhe do seu. Quero rir junto com você e dormir com você em meus braços. Porque você não é só alguém que eu amei no passado. Você era minha melhor amiga, a melhor parte de quem eu sou, e não consigo me imaginar desistindo disso outra vez. – ele hesitou, buscando as palavras certas. – Eu lhe dei o melhor de mim e, depois que você foi embora, nada jamais voltou a ser o mesmo.”

Assim como diversos outros livros do meu adorado Nicholas Sparks, este foi adaptado ao cinema. Apesar de pequenas mudanças, o filme ficou muito bonito e emocionante, mas não tanto quanto o livro que é intenso e maravilhoso. Como comentei eu desidratei com este livro, minha mãe me olhava e me mandava parar de ler porque eu chorava muito, as letras todas embaçadas pelas lágrimas em meus olhos. Vale a pena a leitura!

Boa leitura!

Taís Caires

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s